Equipe, Conselho e Parceiros

EQUIPE

EQUIPE

A equipe da Semana da Diversidade em Santa Catarina foi criada de maneira simples e natural. apesar de sermos muito poucas pessoas na organização, estamos focados em realizar um evento inesquecível e que seja realizado anualmente, sempre na mesma data. Nosso objetivo é quebrar barreiras e aproximar pessoas.

Direção e Curadoria – Me chamo André Gevaerd, sou de Balneário Camboriú / Santa Catarina. Minha formação foi em comunicação social com ênfase em cinema e estou realizando mestrado em mídias culturais. Tenho 20 anos de carreira como cineasta e produtor cultural. Realizo festivais, projetos artísticos e filmes e é muito gratificante poder atuar na minha área levando arte, cultura e entretenimento para cada vez mais pessoas.

Assistente de Direção, Curadoria e Mediação –  Nascida em Balneário Camboriú, Raquel Pitz, é estudante de Cinema e Audiovisual na UNISUL. Atualmente trabalha na Arthousebc na área de produção audiovisual e de eventos do espaço. Anteriormente participou de diversos curtas-metragens no estado de Santa Catarina, e trabalhou em diferentes festivais de cinema tanto no Brasil quanto no exterior.

Produção Executiva – Natan Lucas Tomaz nasceu em Tijucas atualmente está na fase final da graduação em bacharelado de cinema pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Atua na área do audiovisual desde 2015, quando roteirizou o curta-metragem “Devaneio”, e desde então atuou como 1º Assistente de Direção para os curtas metragens “O Resgate” e “Este não é o Fim”. Além de assinar como produtor para o curta metragem “COPI” e o longa “As Fantasias Eletivas”. Na área cultural destaca-se pelo trabalho de produtor e produtor executivo na 9ª e 10ª Edição do Festival Internacional de Cinema em Balneário Camboriú.

Design e Comunicação Social – Sou a Laila Gebhard, tenho 28 anos e hoje moro em Blumenau-SC. Sou formada em Design Gráfico e atuo como freelancer. Sou apaixonada por cinema e artes no geral, e sempre busco inspiração nesses meios para realizar meus trabalhos em design. Também já atuei em curtas e trabalhei com a Cineramabc na área de arte e design.

CONSELHO

CONSELHO

O Brasil é um país reconhecido mundialmente pelo seu povo diverso, isso conduziu a uma grande miscigenação que nos permite ter em nosso solo pessoas de todas as raças, crenças, etnias e valores culturais convivendo com intensidade. Por esta natureza, a SDSC contará com um conselho formado por representantes de diferentes áreas artísticas e pertencentes a distintas minorias, para assim garantir a diversidade e a presença de um porta voz para cada grupo social, e deste modo assegurar uma troca intercultural consciente e harmoniosa.

Barbara Sturm – Diretora de conteúdo na distribuidora de filmes Elo Company e criadora e coordenadora do Selo ELAS – projeto de fomento a longas-metragens brasileiros dirigidos por mulheres. Fundamental existirem eventos como esse, é um prazer fazer parte.

Brianne Lee – Fotógrafa analógica a 10 anos e atualmente representante da Câmara setorial de Artes Visuais e conselheira municipal de políticas culturais de Balneário Camboriú. Estou muito feliz em poder participar deste evento que já na sua primeira edição será extremamente especial para toda a comunidade.

Christina Zimmerman – É comunicóloga, publicitária e apaixonada pelos movimentos artísticos. Atua nas áreas de pesquisa, cultural insight e artivismo em espaços urbanos. Fomenta as artes como transformação social através de projetos autorais e editais de cultura. Após duas imersões na Teoria U, idealizou o Aha! (Núcleo de Pesquisas Culturais e Artes Integradas). É mediadora de Comunicação Empática para a transição planetária, utilizando como instrumento  a Comunicação Não-Violenta e arte-terapia, para uma cultura de paz. Como agente de transição, integrou-se ao time de designers de sustentabilidade e regeneração humana do Gaia Education 2018.

Fábio Garcia – É Bacharel e Licenciado em História pela Universidade de Santa Catarina/UFSC. Mestrando em Educação pela UFSC. Professor do Ensino Fundamental, Médio e EJA/Ead. Desenvolve projetos relacionados às políticas públicas para a promoção da igualdade racial, além de proferir palestras e cursos sobre a cultura de matriz africana no Brasil.Autor de vários livros na temática afro. Destaque para o livro Ildefonso Juvenal da Silva: um memorialista negro no Sul do Brasil, finalista do prêmio Jabuti de literatura/2020.

Fernando Passero –  Atualmente gerente da livraria Santo Livro na cidade de Balneário Camboriú, Fernando Passero também participou de diversos trabalhos sociais de disseminação da leitura e incentivo à escrita,  como a Feira Literária, Poesia na Praça e Leia Mulheres.

Julia Perin – Uma das produtoras do Coletivo Feminista Mariposas. Também sou arquiteta e mestranda em geografia estudando o espaço urbano na perspectiva da mulher. Me alegra poder participar de um evento sobre diversidade numa cidade em que isso nem sempre é destacado.

Marcel Izidoro – Escritor e estrategista narrativo,  trabalho e apoio a diversas causas.

PARCEIROS

PARCEIROS

PÁGINA 3

O Página 3 é o jornal mais antigo de Balneário Camboriú, foi fundado em 26 de julho de 1991. Durante duas décadas foi um semanário impresso e depois evoluiu para online, seguindo a tendência mundial no setor. O Página 3 foi e continua sendo testemunha do cotidiano de uma cidade que é destaque como destino turístico no Brasil e na América do Sul.

COLETIVO MARIPOSAS

Projeto de Artes Visuais: Caravana das Mulheres é um projeto patrocinado pelo Edital Elisabete Anderle 2020 da Fundação Cultural Catarinense realizado pelo Coletivo Mariposas em três municípios da microrregião de Itajaí: Itajaí, Camboriú e Navegantes.

Caravana, por definição, significa grupo de pessoas que se juntam, por medida de segurança, para viajar pelo deserto. Por isso Caravana das Mulheres: Um grupo de mulheres fazendo arte e trocando experiências para, juntas, reconhecer e enfrentar os desafios aos quais somos expostas.

O projeto consiste em exposições, oficinas e projeções de arte feitas por mulheres artistas locais. A intenção é criar um vetor de descentralização dos pólos culturais mais comuns levando arte a territórios periféricos, dialogando e criando pontes entre mulheres.

Para tanto, realizamos uma chamada aberta para artistas mulheres locais tendo por fim selecionado 06 artistas: Ana Clara Souza, Ana Neves, Hyndira Borba, Luana Karvat, Monique Burigo e ZALA.

Na SDSC o Coletivo Mariposas contemplado pelo edital Elisabete Anderle 2020 realiza três atividades, sendo estas a projeção em externa na Arthousebc intitulado “O que você já deixou de fazer por ser mulher?” reunindo obras das artistas citadas nos dias 21 e 22 de Maio, uma palestra sobre feminismo com o mesmo nome da projeção, com as palestrantes Anna Theresa Schipmann e Julia Perin Pellizzaro, e  também o lançamento de um curta documentário que explica o processo criativo na visão da artista Zala, nomeado: “Há Mulher Antes”.

Para acompanhar o projeto nas mídias sociais é só seguir os perfis no Instagram @coletivomariposas e @caravanadasmulheres, ou entrar em contato com a gente por e-mail: coletivomariposas@gmail.com

QUER APROVEITAR TODA A PROGRAMAÇÃO DO SDSC?

CLIQUE AQUI E DESFRUTE